Feminazi? Aborto? Misandria? Estupro? - Entenda o Feminismo

Oi amores ♥ Tudo bem? Assistindo muitas séries? Lendo muito? Comendo muito? Confesso que minhas férias não estão nada produtivas, eu enrolo por horas e acabo não fazendo nada. Isso sem contar que teria que ter lido três livros e estudado pra duas provas, mas ok né. Eu fiquei sem postar porque voltei de viagem há poucos dias e ainda estava ajeitando tudo aqui, mas resolvi fazer um post até que grande e explicativo. 

Acho que todos já ouviram falar em feminismo, já que, hoje em dia, é um assunto que tem muita repercussão pela internet. Infelizmente, muitas pessoas não entendem ou não sabe o significado e acabam se confundindo, falando besteira e odiando essa causa, sem nem saber do que se trata. E post de hoje é pra acabar com isso: eu vou tentar explicar alguns conceitos da maneira mais simples, deixando claro o que é feminismo e por que causa os feministas lutam. Vou explicar da forma que eu entendo e encaro o feminismo, sem definições prontas ou algo do tipo.

O que é o feminismo? -  Primeiramente, não, feminismo não é o oposto de machismo. O machismo defende a ideia de que o homem é superior a mulher, e o seu oposto, que a mulher é superior ao homem, no caso, o femismo. O feminismo defende a igualdade. Defende homens e mulheres exercendo as mesmas funções, a liberdade de todos escolherem o que acharem melhor pro seu corpo, pra sua vida, pra tudo. 

Se é igualdade, porque a luta é das mulheres? / Então porque é feminismo, não "humanismo"? - A sociedade em que vivemos é machista, não femista. Por isso, o nome feminismo. Porque, normalmente e na maioria, quem procura a igualdade são as mulheres. Isso não significa que os homens não podem ser feministas. Eles podem (devem ♥) e, na minha opinião, se tornam muito melhores quando lutam pela igualdade (opinião de uma feminista, que é mega a favor de poder fazer o que achar melhor).

Eu mesma, antes de entender o feminismo, achava absurdo o fato de o nome ser relacionado à mulheres e não aos dois sexos. O humanismo defende a ideia de que o ser humano é superior a tudo, deuses, animais, forças superiores: tudo. E não é isso que o feminismo significa. Novamente, o nome é relacionado às mulheres porque a luta delas costuma ser maior.

Mas feministas são a favor do aborto? Feministas são contra a depilação? - Não, gente. N Ã O. Se você pensa isso, pare, por favor. O feminismo não é a favor de não ter filhos, de não casar, de abortar e cagar pro mundo. O feminismo é favor de você poder escolher se quer ter aquele filho ou não porque o corpo é SEU. É favor de você poder escolher se quer casar sem ouvir mimimi, de ter a liberdade de escolher se quer ou não ter um filho. O feminismo não é a favor do aborto, mas sim da legalização dele, pra que você possa escolher o que acha melhor pra você. (Eu sou contra o aborto, mas a favor de você poder escolher se quer ter ou filho ou não. E também acho que a decisão não cabe só a mãe, e dane-se que é ela quem gesta, ele não teve filho sozinha. E vale lembrar que esse não é o tipo de decisão que se toma no sétimo mês de gravidez.) 

Sobre a depilação, ninguém é contra ou favor dela. Feministas são a favor do fim do mimimi de que mulher precisa depilar a perna, o braço, a virilha. São a favor da mulher poder depilar onde quiser, se quiser e ninguém tem nada com isso. Não interessa se você quer que ela depile, se você acha melhor ou não: cabe a ela decidir. (Isso surge, principalmente, porque a depilação é totalmente cobrada das mulheres, enquanto os homens podem ter pelos onde quiserem, entende?)

O que é misandria? - A misandria é o ódio, nojo, desprezo e/ou preconceito ao sexo masculino. Isso entra na discussão sobre o feminismo quando muitos, alegando exagero em algumas questões, dizem que aquilo é misandria. O feminismo não tem misandria, o femismo sim.

Mas quem são as feminazis? -  O termo é (quando usado corretamente) pra mulheres que seguem o feminismo, mas tem ideias extremistas e uma ideia anti-homem. Normalmente, quando os homens se sentem ofendidos em ver que existem mulheres que não estão nem um pouco a fim de seguir ordens e afins, usam esse termo.

E onde entra o estupro em tudo isso? - Uma das maiores lutas do feminismo é contra a violência, seja ela sexual ou não. Vale lembrar que o estupro não acontece somente a mulheres e nem sempre vem de um homem. A luta é contra qualquer tipo de estupro ou violência.

Minha opinião - Eu acabo sendo contra e favor do feminismo. Hoje em dia, as mulheres só pensam nos direitos iguais que a favorecem e o feminismo acabou se tornando femista e misândrico. Mulher não quer ser obrigada a se alistar no exército, não quer ter a licença de maternidade igualada a do homem, não quer pagar a conta quando sai, não quer pedir o cara em namoro/casamento, não quer dar o direito do homem escolher se quer ter filhos ou não. E é nessa parte que o feminismo se perde. Se a questão é ter direitos iguais, eu sou a favor dos direitos iguais para os dois lados. Mas muitos feministas não enxergam nisso e nos pequenos detalhes, a luta se torna machista/femista. Eu sou a favor da igualdade para os dois, seja benefício à mulher ou ao homem: não sou só eu, mulher, quem precisa de igualdade e respeito.

Eu tentei explicar o termos que mais vejo na internet, então é basicamente isso. A minha opinião é confusa porque eu sigo o feminismo ao pé da letra, na igualdade pra tudo mesmo, e não é mais o que vemos por aí. Me digam o que acham disso tudo, por favor ♥

22 comentários:

  1. Olá Lu, tudo bem?
    Eu estou bem, em partes. Não fiz nada do que planejava fazer nessas férias, novamente. E estou aproveitando só os últimos dias para cuidar do blog, eu sou uma idiota.
    Eu li todo o seu post e eu só tenho a dizer que, cara, que lindo :')
    Eu nunca achei o feminismo algo ruim, porque procurei pesquisar desde sempre. E quando encontrei aquilo de homens e mulheres iguais, eu quis gritar para o mundo: "EU SOU FEMINISTA, E É NISSO QUE EU ACREDITO".
    Só que venho encontrando tantas explicações que fogem dessa ideologia, que eu sinceramente me pergunto se quero ter esse título, que na teoria e real significado é algo tão bom, mas na prática e triste na realidade, veio se tornando só um discurso de ódio aos homens.
    Eu cheguei a fazer um post no RaW, falando também sobre o que é a causa, real. Aquela que deu direito de voto, direito de voz, e vários outros as mulheres.
    Eu também sou contra o aborto. No meu ponto de vista, sim, a mulher tem direito sobre o SEU corpo, mas o feto não é o corpo dela, ele só está dentro do corpo dela evoluindo.
    E sim, homens devem participar nessa decisão, afinal o papel deles é sim importante. NINGUÉM FAZ CRIANÇA COM O DEDO.
    Eu vi um vídeo há algum tempo, esse aqui: https://www.youtube.com/watch?v=aNP94TQru38
    Tirando o título que ainda me deixa com um pé para trás, o que o cara disse merece ser ouvido.
    Quando fiz o post no blog, falando que era feminista, vei uma pessoinha dizendo que não, eu não era. Meu corpo, minhas regras, minhas escolhas, e eu escolho dizer que sim, eu sou feminista, ao menos de acordo ao real sentindo da causa sim.
    Já vi gente dizendo que homens não podem ser feministas, porque é um movimento para empoderar mulheres. Isso não me desse a garganta. Homens podem ser sim feministas, e podem dar sim opiniões sobre o movimento. É IGUALDADE, I-GUAL-DA-DE. E ela não se constrói tirando a voz de um e dando a outro.

    [rabbitsandwolfs.blogspot.com], [thisis-mydemonside.blogspot.com]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu quis tatuar que eu era feminista na minha testa akjsdkajdajsd. As pessoas começam a desviar do objetivo inicial, e isso me deixa tão chateada. Eu não quero seguir um movimento que apoia o ódio e isso faz com que várias mulheres larguem o feminismo.
      SIM CARA, o homem também tem sua colaboração e as pessoas esquecem disso. Eu conheço esse video e o titulo dele me irrita a ponto de me fazer não gostar do video sojldasjd. Eu sou o que eu quiser, querido, sai daqui,
      HOMENS FEMINISTAS SÃO TDB ♥

      Excluir
  2. Olá Luísa, tudo bem? Tinha tempo que não passava por aqui, que desperdício, seus posts são tão bons. Mas também, você sumiu de lá do Holocene né? haha, eu sinto falta, sabia?
    Bom o tema é complexo, ainda mais para uma pessoa como eu opinar. Nunca, admito, tive interesse em pesquisar o verdadeiro significado tanto do machismo quanto do feminismo, as pessoas, no geral, me consideram machista não pela minha opinião e sim pelo meu comportamento. Sou uma pessoa tradicional demais, na forma de agir, e dividida na forma de argumentar, não sei realmente o que são as duas coisas (machismo e feminismo), eu só procuro ser franco e dizer realmente o que penso e acho me baseando pelas coisas que eu aprendi durante minha curta vida, longe de muitas influencias. Primeiro, eu sou totalmente contra aos dois termos. "Feminismo e Machismo", apesar de ser termos coerentes (pelo que eu sei, que é as coisas que você disse sobre eles) já tornam as coisas divididas, não acho que deve ser assim. EU PENSO, e tenho certeza, que os homens são diferentes das mulheres. Não tem como serem iguais. Não tem como os dois SEMPRE desempenharem os mesmos papeis dentro e fora de casa. O que deve ser igual, entre os dois, é o RESPEITO, é a partir do RESPEITO, que se tem a igualdade, e o orgulho de desempenhar papel de homem em uma família, e o papel de mulher dentro de casa. Feminismo significa igualdade, na concepção dada no post, mas feminismo inspira igualdade? FE MI NIS MO trás uma ideia de igualdade pra uma sociedade parcialmente ignorante? Eu não acredito. Vejo homens mal instruídos julgando precipitadamente, e vejo mulheres mal instruídas se considerando superiores ou subjugando qualquer ideia de respeito só, para, se aumentar perante os homens (não digo todas as feministas, eu digo as que interpretam mal a causa). Acho que machismo e feminismo deve parar de existir, acho que deve ter igualdade e respeito entre os gêneros, igualdade no se tratar, não na mulher indo concertar a pia enquanto o homem cuida do bebê. Sou a favor de valores tradicionais, mas sou a favor que também deve se haver respeito entre eles, um respeito que mostre que todos somos capaz, mesmo que não fazemos, de desempenhar as mesmas tarefas.

    Obrigado pela postagem, me fez entender mais disso tudo ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sumi do mundo, Kuroh :( Peço mil desculpas, de verdade. Prometo tentar frequentar o Holocene com mais frequencia ♥ Normalmente as pessoas agem de forma machista e não percebem, e isso só muda quando decidem se são machistas, feministas, femistas. Se são indiferentes, na maioria das vezes, naõ percebem. Sim, eu concordo. Mas tem vários momentos em que dá pra conseguir igualdade e as pessoas negam essa igualdade. Eu sou capaz, você também é, poxa. Exatamente, eu tenho a mesma opinião sobre o nome, mas entendo que por ser uma luta aderida por, na sua maioria, mulheres, é até compreensível, mas também me incomoda.
      Um anula o outro então, espero que, em breve, tenhamos a igualdade!
      Beijossssss

      Excluir
  3. Olá Luisa. Estou bem. Lendo nada amor, tenho até vergonha disso pois estou de férias, então na teoria eu deveria sim ler mais, só que não é o que esta acontecendo né kk Estou comendo bem, mas acho que não passei do limite do "nada mais que o suficiente para sobreviver".
    Agora que você disse, o feminismo na verdade não é tão feminismo assim. É verdade que tem gente extremista, mas tem extremista/fanáticos em quase todas as coisas então não tem nem como criticar... Eu sou de boas com esse negócio de mulher ir pro exercito (talvez por que eu não vou... nunca saberei a verdade), na Coreia do Norte, por exemplo, as mulheres e os homens servem, só não tenho certeza se o tempo para eles é o mesmo para elas, mas as mulheres servem, e sinceramente, acho isso legal. Mas seria mais legal ainda se as mulheres e homens pudessem escolher servir ou não, pois sinceramente, ser forçado a algo não é legal! Com o resto eu também sou de boa (já percebeu que sou de boa com tudo?) Eu pagaria a conta, mas também não recusaria, se o cara quisesse pagar para mim, não sou idiota kkkk Eu também pediria em casamento, apesar de uma mulher fazer o pedido soar muito estranho. E a licença a maternidade, não é das mulheres que devem ser igualada a dos homens, mas a deles que deve ser igualada a das mulheres, isso é, se uma mulher tem 12 meses e o homem 6, deveria o homem ter o mesmo da mulher, pensou eu... Acho injusto diminuir o nosso tempo para ficar igual (é que 6 meses é muito pouco) ao deles. Mas enfim, eu não tenho problema com isso. Eu não sei se sou feminista. Acho que sou só igualista (se for para usar um termo, prefiro esse, já que humanista é outra coisa).
    Tenho um pouco de raiva de mulheres que se acham superiores a outros homens. Caramba, somos todos iguais, a diferença é que eles tomam um pouco mais de fermento e tem um "caninho" que sobe. A gente tem uns buracos e umas protuberâncias em cima #censureisso
    É isso eu acho. Beijos Luisa ~

    ResponderExcluir
  4. Olá <3333
    Já quero dizer que esse comentário vai ser curto, por meu pc não publica os comentários. Não sei o que aconteceu, provavelmente eu fiz merda e enchi ele de virus masok. Enfim, estou escrevendo pelo celular do meu pai, e é horrível comentar fora do pc, credo.

    Eu apenas quero colar esse post na minha testa, sérião mostrei para as minhas amigas, eu já pensei e falei muita merda a repeito do feminismos ano passado, pelo simples fato de que eu não pesquisava escutava dos outros e tava tudo certo. sim, eu era escrota e e lixosa a esse ponto, desculpa mãe.
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi oi ♥ Cola e divulga que a blogueira agradece kasjakjd ♥ AI LARA, não me decepcione. Você entendeu, né? Obrigada você por divulgar e espero que siga essa luta linda ♥ Beijão

      Excluir
  5. Eu tinha escrito meu comentário todo ontem, e provavelmente eu teria que dividi-lo em dois, pelo fato dele ter ficado muito grande. O li umas três vezes e simplesmente fechei a guia. Além de não fazer o menor sentido quase tudo que eu falei ali (estava muito confuso, sério), não parecia que havia sido escrito por mim. Parecia que alguém entrou na minha conta, digitou qualquer coisa e pensou em publicar. Mas hoje eu vim com vontade de fazer algo melhor e espero que eu consiga. Agora, vamos começar isso decentemente.

    LUÍSAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA! Escuta aqui, próxima vez que você me deixar esperando esse tempo todo eu te mato, ouviu? (Leu?). Tudo bem que você estava viajando, mas eu não tô nem aí, mato mesmo assim, hihihihi ♥ love u. As minhas férias foram (acaba amanhã, já tô escrevendo no passado, porque já prevejo um dia rápido hoje) boas, até. Eu não assisti muitas séries diferentes, mas assisti muitos episódios de uma mesma série, conta? The Fosters, se você estiver se perguntando que série é. Não, eu não li muito, e você já sabe disso, ksdkshfdkshf, e não, eu não comi muito. De qualquer forma, minhas férias foram boas.

    Você já deve ter cansado de ouvir (ler ZzZZzZ) que eu sou feminista. Digo isso em quase todo comentário JDHSJFHSKFH. Mas, vou repetir: sou muito feminista, mas concordo com o penúltimo parágrafo. Sim, eu sei, tô indo do segundo parágrafo pro penúltimo, mas agora eu vou voltar para o começo.

    Pessoas que não entendem o que é feminismo, mesmo alguém já tendo dito à elas que não é o oposto/contrário de machismo, me irritam. Tenho uma vontade de enfiar dentro da cabeça dela que NÃO É A MESMA COISA. É tão difícil de entender? Caracas.

    Eu até entendo a pergunta do nome não ser "humanismo", porque realmente o nome não faz muito sentido, mas fazer o quê. Tem homens que lutam pelas mulheres também, então poderia sim ser humanismo, por mais que sejam mais mulheres, temos homens também, mas já temos outra definição para essa palavra, então é melhor assim. Eu não concordo com o humanismo, tipo nada mesmo. Não me vejo concordando com algo em que o ser humano, um ser tão "?" (não achei uma definição que não generalizasse muito, então deixa esse "?" ocupando a palavra), possa ser superior que tudo. Mas eu respeito todos que pensam assim, sou da paz.

    Essa pergunta é muito comum, já que em ondas feministas/manifestações feministas/lutas feministas (chame do que preferir, skjdskjf), muitas mulheres vão com o corpo coberto de pelos, e as pessoas entendem "um pouco" errado. Essa pergunta não é machista, eu não vejo ela dessa forma. Entendo o fato deles pensarem assim, mas se eles não aceitarem o verdadeiro significado de deixar o corpo coberto por pelos, aí sim, acaba se tornando uma pergunta machista. Eu não ficaria isso, de deixar meu corpo cheio de pelos, não por achar que eu devo me depilar, mas apenas por higiene. Os homens que façam o que quiserem com os pelos deles, mas eu prefiro me depilar.

    Da mesma forma que eu não concordo com o machismo, eu não concordo com a misandria. Não acho correto nenhum dos dois, então não tenho muito á dizer.

    Esse penúltimo parágrafo foi o que me fez criar meu comentário todo novamente, um dia depois, para mim poder pensar um pouco sobre tudo. Eu realmente vejo o feminismo se perdendo. Quando você para para pensar um pouco, percebe que não vemos mais feminismo por aqui. A mulher só quer o bendito direito que ela tem disso e daquilo, mas e os homens, como ficam? Está na hora de pensar um pouco neles também, já que o significado de feminismo apoia dos direitos I G U A I S. Ainda tenho esperanças em que consigamos todos sermos feministas, e que um dia, o mundo inteiro enxergue isso como nós enxergamos.

    Com carinho, Liv.
    // n-found.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já fiz isso várias vezes, cara. Chega a dar raiva porque eu fico toda preguiçosa pra escrever de novo kjsadjjsd.
      Eu sei, juro que tô tentando postar mais, responder e retribuir pelo menos um comentário por dia e tá quase dando tudo certo. Se as coisas funcionarem como planejando, semana que nem meu horário se ajeita: me arrumar e deitar por volta das dez horas, porque fico no celular. Ai durmo lá pra onze e meia, fico menos cansada, não sinto necessidade de dormir a tarde, estudo das 13:30 às 15:30, arrumo a casa (e isso dura no máximo até as 16:30) e aí me dedico ao blog até meu pai chegar, que é lá pras 18h. Depois eu faço a janta e ai o ciclo se reinicia. Espero que dê certo.

      O feminismo que descrevi no final é o feminismo dos sonhos, né? Só os machistões não seguiriam essa causa kasjdjas. SIM, tipo socar a cara e falar: não, querida, é bem diferente ksdja.

      Eu não consigo acreditar que alguém possa concordar com o humanismo, sinceramente. Não existe isso, é uma das coisas mais idiotas que já li, sabe?

      O problema é que o mundo é péssimo em interpretar, né. Eu não deixaria porque me incomoda, mas respeito o espaço de cada um ter seu corpo, sabe? Sou a favor da liberdade e nada muda isso. Pessoas que não entendem como isso funciona me irritam.

      Parece que as mulheres esquecem sobre como é ser deixada de lado enquanto os outros conquistam seus direitos e fazem isso com os homens, como se fosse uma forma de vingança, sabe? "Eu sofri quando você conquistou seus direitos, agora sofra ao me ver conquistar os meus", sei lá, isso acontece muito e eu quero que o feminismo se encontre e aconteça de uma forma descente.

      Beijosssssssss ♥

      Excluir
  6. Adorei seu post, super bem explicado !
    Espero que a sociedade entenda o que queremos sem ninguém sair prejudicado. Minha opinião é exatamente igual a sua, tem muitas coisas que acho que se perde no feminismo, mas fora isso gosto bastante da ideia do feminismo .

    http://m-eusvicios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá, Luisão ♥ Demorei aqui, mas chegay! Eu tô bem eu tô ótima e você? Tô lendo nada, mas comendo sempre HAHAHAHA! Eu li só 3 livros nessas férias, bléééhhhhhhh, e elas já acabaram. Um minuto de silêncio.

    Ahhhhh, feminismo ♥ Antes de ontem o meu professor de religião fez uma aula sobre feminismo e eu fiquei muuuito entusiasmada, já que sou muito boa com os termos e etc. Fiquei muito triste ao perceber que eu era a única na sala que estava respondendo as perguntas do professor e acertava nas respostas. Principalmente por parte das meninas, elas deviam estar mais ligadas nisso. E é aí que sua postagem entra, explicar tudo desse jeito é incrível Lu, porque tem taaaaaanta gente que não conhece absolutamente nada e já se julga contra. "O feminismo é favor de você poder escolher se quer ter aquele filho ou não porque o corpo é SEU. É favor de você poder escolher se quer casar sem ouvir mimimi, de ter a liberdade de escolher se quer ou não ter um filho." CARAMBA EU VOU COLAR ISSO NA TESTA. Me lembrou da Rihanna respondendo a pergunta do: "Você está a procura de homens?", aquela bixa ahasou. O termo Feminazi foi utilizado por um jornalista á um tempo atrás e pegou, e muito homem fala das faministas assim sem nem saber o que é. Eu concordo com toda a sua opnião, é exatamente assim que me vejo com relação ao feminismo. Igualdade, mas não luta contra s homens e realmente tem mulheres que confundem os dois.

    Com carinho, Clara

    // n-found.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Clarão ♥ Eu só li uns pedaços de um, acredita? Sou a única feminista da minha sala, a única que sabe o que isso significa e isso me decepciona, porque cara, como as mulheres vivem sem feminismo? COLA, TATUA NA BUNDA, AI QUE LINDA ♥ Aquele vídeo da Rihanna é puro amor.

      Sim, mas hoje em dia ninguém lembra disso, né? Beijão ♥

      Excluir
  8. Miga, parabéns pela postagem! eu só discordo um pouco da sua opinião com o termo "femmenazi". Acho que ele nunca é certo quando usado sob nenhum contexto. Quero dizer, tudo bem que essa mulheres são realmente mais exaltadas, mas isso não sustifica comparar o que elas fazem com o maior genocídio da história da humanidade que matou mais de 11 milhões de pessoas.
    Beijos

    http://itsfangirltime.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha, Obrigada Fe ♥ Ele não é certo por ser um xingamento, mas algumas "misandricas" bem que merecem, né? :P
      Beijão.

      Excluir
  9. Oiew! Eu vi seu blog lá no Rabbits&Wolf e fiquei interessada x3

    Interessante você citar que as mulheres do feminismo ( como você citou então eu acho que deve pensar que a maioria é assim, se não for, dsculp ♥ ) não concordam com o lance do exército, pq isso é uma das pautas feministas x3

    Feminazi não é um termo muito... Legal... pra se tratar qualquer feminista ( sendo ela radical ou não ) e muita gente fica irritada com isso D: Inclusive pode ser causa de muitas discussões...T.T Então seria melhor não usar...

    Lembro que quando era menor e well, não sabia porran nenhuma de feminismo, costumava achar tudo uma babaquice enorme. É até engraçado isso pq hoje percebo o quanto eu era machista na época... Crescendo e aprendendo né x33 Até hoje eu tenho que me policiar pra ver se não falo coisa errada e.e hueheuhuehe

    Gostei muito do seu blog, moça ♥ TÉ MAIS ♥

    { #2MORROW }

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá ♥ Ah, Coelho sendo maravilhosa e me trazendo leitores hahahahaha

      NÃO, não penso nada disso. Não quis dizer que as feministas não apoiam isso, mas sim que esse é uma causa importantíssima e que os direitos dos homens acabam se perdendo, sabe? Não sei se você entende, mas enfim.

      Não é legal pra nada, né? ): Mas eu, como homem ofendido, usaria pra uma misândrica viu? hahahahaha (just kiding ♥)

      Assim é a vida né? Nos ensinando coisas incríveis ♥ MUITO OBRIGADA, VOLTE LOGO ♥

      Excluir
  10. Comentário de cima bugou e eu apaguei e fiz outro bem rapido e espero que não tenha ficado com erros e pequeno porque estou pelo celular, então desculpa se tiver algo.

    Ah o feminismo, é uma das coisas que eu mais amo falar e realmente não é o oposto de machismo, tipo, se fosse o oposto seria um tipo de machismo feminino né? Hshs.

    Eu sou daquele tipo que odeia cantadas e que defende os direitos das mulheres a todo custo, eu não gosto nem de pensar ver alguém chamando uma mulher de puta por usar roupas curtas ( isso me envergonha).

    Lembrando também que o feminismo é contra a mulheres que tem esse certo "machismo" e lembrando que tem muitas pessoas que falam que se está mostrando é puta e tem que ser estrupada (discordo completamente).

    Se tem uma coisa que eu não gosto é de ofensas e sempre gostei do feminismo.

    Eu adorei a postagem mais que tudo, achei bastante criativa e eu adorei tipo muito.

    Com amor, Laura
    http://whereve-r.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Relaxa, amoreco, apaguei porque o toc me obrigou a isso, mas relaxa ♥

      SIM, ai, você me entende, que amor ♥ Eu também. Vira e mexe ando com minha irmã e olham pra ela, chamam ela de gostosa, mexem com ela e cara, ela tem minha idade. Porque um filho da puta desses mexe com uma criança de 14 anos? Eu tenho vontade de chorar e meter a mão na cara da pessoa. A mina/o mino pode usar o que quiser, isso não define ninguém, sabe?

      Obrigada, Laura ♥ Com muito muito amor, um beijãoooooo

      Excluir
  11. Olá, tudo bom? Eu to bem, To assistindo algumas séries, tipo Bates Motel, Glee, OITNB enfim... Eu só li dois livros esse, mês. Está bem produtivo, vou trocar todos meus livros do Crepúsculo por outros aleatórios que realmente prestam.

    ISSO CARALHOOOOOOOOXOSOSDODFJSMDJFSDJFDNJFDFEJF. Caramba que vontade de esfregar essa frase '''Primeiramente, não, feminismo não é o oposto de machismo. O machismo defende a ideia de que o homem é superior a mulher, e o seu oposto, que a mulher é superior ao homem, no caso, o femismo. O feminismo defende a igualdade.'''' na cara de muito gente por ai.
    Eu acho impressionante os comentários, postagens e coisas assim que vejo na internet sobre o femininos, é tanta chatice, eu nem comento nada sobre o assunto.
    Acho que todos devem lutar por seus direitos, tanto homem quanto mulher, não ficar postando texto na internet, sobre como as mulheres sofreram no passado, e que elas querem fazer a mesma coisa com os homens e dominar o mundo.
    Olha, eu confesso que sou contra o aborto. Independente de quem seja a criança, o que custa ficar por um tempinho ali na barriga? Depois você coloca para adoção, querendo ou não você vai estar acabando com a vida de alguém que não teve culpa de nada. Mas tanto faz, isso é de cada um e eu não qro discutir.
    Depilação as vezes é questão de higiene mesmo.
    Adorei a postagem <33
    {sessão proibida} - s-sessaoproibida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Alguém dê uma medalha a essa menina gente? <3
    Realmente, o feminismo tem se tornado misândrico. Mas acho que na questão ali de ''não quer pagar a conta quando sai", acho que pode vir tanto de um quanto de outro, porque afinal de contas a mulher não quer ser tão independente e tal? Então, se a mulher é independente, trabalha e tem condições, pode pagar a conta vez ou outra. Quanto a "não quer dar o direito do homem escolher se quer ter filhos ou não", acho que é uma decisão tomada pelos dois, não por um só.
    Enfim, o post foi muito bem escrito e muito bem explicado <3
    Beijos,
    tea-with-cake.net

    ResponderExcluir
  13. OIE, SÓ QUERIA DIZER QUE DEPOIS DESSE POST SEGUI SEU BLOG SEM PENSAR DUAS VEZES E COM CERTEZA É UM DOS MEUS PREFERIDOS <3333333

    Damn, eu amo falar sobre esse assunto. O pior de tudo com certeza é ser vista como ativista chata pra uns, é algo que irrita muito. Feminismo é algo que as pessoas não estão acostumadas a falar. Como se a mulher nascesse para ser bonita e dona de casa. Esses dias eu estava assistindo WWE, e senti nojo quando o locutor disse que "pra ser uma diva wwe precisa estar com o corpo em forma e ser bonita", e comparando as lutadoras, associando o modo como lutam e a sua beleza. Outro exemplo foi a luta da Honda e da Beth, quando as pessoas estavam dizendo que a Beth perdeu porque não era bonita o suficiente. AMIGOS PAREM!!!!!!!!! MENOS!!!!!!!!111!!
    Quando eu era mais nova, eu sempre quis ter um video game, mas meu pai nunca me deu porque "era coisa de menino". Infelizmente, em pleno 2015, as coisas não mudaram muito. As pessoas ainda continuam com ideias de "isso é para menino e aquilo é para menina". Aí quando chega alguém com uma ideia oposta, elas pagam de loucas descontroladas.
    Sobre o aborto: sou a favor da legalização em casos de a mãe ser de menor, não ter condições de gerar o filho, ser uma gravidez de risco, e gravidez gerada de estupro. Penso que, caso simplesmente legalizassem, iria surgir muita menina pensando "ah, posso transar sem camisinha, se eu engravidar, eu aborto". Chega a dar uma tristeza de ouvir isso. Eu tive uma colega quando estava na sétima série, ela engravidou no final daquele ano e abortou (ilegalmente), porque não teria condições de criar o filho. Ano passado aconteceu a mesma coisa - ela engravidou. Mas dessa vez o pai esteve presente, e decidiram ter o filho. Hoje eles dizem que foi a melhor coisa que aconteceu.
    Nos dias de hoje formas de prevenção é o que não falta, só engravida quem quer. Aborto é coisa séria, não é simplesmente "opa, foi um acidente, vou abortar".

    Beijos.
    tveldt.blogspot.com

    ResponderExcluir